segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Bahia define campeões para a fase nacional

Alunos/aletas de todo o Estado já estão definidos para representar a Bahia nos Jogos Escolares da Juventude, na faixa-etária de 12 a 14 anos, que serão realizados no final de setembro, em João Pessoa (PB). A Bahia participará com aproximadamente 350 pessoas entre atletas, dirigentes e técnicos de diferentes municípios, nas modalidades individuais e coletivas. Os últimos atletas foram conhecidos na última sexta e sábado (12 e 13), com a realização da Seletiva Estadual, das modalidades coletivas, no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador.

As equipes de futsal, vôlei e handebol – masculina e feminina –, de Salvador e de Juazeiro travaram um duelo por vagas no nacional. No entanto, as equipes da capital levaram a melhor na maioria das modalidades. Pelo vôlei masculino, os meninos do Colégio Módulo enfrentaram a equipe do Colégio Santo Antônio (Juazeiro). A equipe da capital venceu com facilidade as duas partidas por 2 sets a 0. Pelo vôlei feminino, as meninas do Colégio Geo (Juazeiro) não tiveram adversaria e garantiram classificação direta.

Mesmo com a derrota da equipe de vôlei de Santo Antônio, o garoto Ronielliton, de 13 anos, de Juazeiro, estava feliz de participar do torneio classificatório. “Essa é a segunda vez que estamos competindo em Salvador. Sabíamos que seria difícil, mas estou feliz de participar desta competição tão importante”, disse.

No futsal e handebol, o Colégio Integral e São José, ambos de Salvador, mantiveram a hegemonia nestas modalidades e estão classificados para etapa nacional. No handebol feminino, o São José ganhou as duas partidas para o Geo: 17 a 6 e 9 a 4. Pelo handebol masculino, o Colégio Geo foi superior nas duas partidas. No entanto, os bons jogos não foram suficientes para superar a equipe do São José que mostrou força e conseguiu vencer as duas partidas com os resultados de: 17 a 14 e 16 a 15.

A equipe masculina de futsal, do Colégio Integral, venceu as duas partidas que disputou contra o Colégio Geo. No primeiro jogo, o time comandado por Marcones Ribeiro goleou por 7 a 2. Na segunda partida, os meninos do Integral mantiveram a mesma pegada do jogo anterior e conquistou a classificação com mais uma vitória, desta vez, por 2 a 0. O time feminino do Colégio Integral também está classificado.

Segundo Marcones Ribeiro a estratégia para conseguir bons resultados na etapa nacional é fazer uma boa competição na seletiva estadual. Segundo ele, a competição local é o termômetro para os Jogos Escolares da Juventude. “Disputamos a seletiva com muita garra e força. Foi assim que conseguimos o título no ano passado e garantimos o acesso para segunda divisão no nacional. Vamos para João Pessoa com o objetivo de manter a equipe na segunda divisão, mas, buscando sempre conquistar uma medalha para a Bahia”, disse o treinador.

Jogos Escolares da Juventude – O objetivo da etapa baiana é selecionar atletas das redes de ensino público e privado, com faixa etária de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, para representar a Bahia na maior competição de esporte estudantil do Brasil, que são as etapas nacionais dos Jogos Escolares da Juventude a serem realizadas em João Pessoa/Paraíba, em setembro (12 a 14 anos) e novembro (15 a 17 anos). A competição nacional é organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A seletiva escolar é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Sudesb, autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e com apoio da Secretaria de Educação. Os atletas baianos classificados para a etapa nacional viajarão até João Pessoa com as passagens e uniformes cedidos pela Sudesb.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Equipes de colégios de Salvador e Juazeiro jogam sexta e sábado pela Seletiva Estadual dos Jogos Escolares da Juventude 2016

Doze jogos serão realizados neste final de semana no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, válidos pela Seletiva Estadual dos Jogos Escolares da Juventude de 2016. Estudantes de 12 a 14 anos disputam nesta sexta, 12, a partir das 14h, partidas de handebol e voleibol, pelo masculino e feminino. No sábado, 13, a partir das 09h, serão realizados jogos de futsal, voleibol e handebol.

A etapa estadual, que é realizada pelo Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), reúne equipes/alunos-atletas de Salvador e Juazeiro que duelam por vagas para a fase nacional dos Jogos Escolares da Juventude – maior evento de esporte estudantil do Brasil – em João Pessoa (PB), de 20 a 29 de setembro, para a faixa de 12 a 14 anos.

Jogos – Na sexta, a equipe de voleibol masculina do Colégio Santo Antônio (Juazeiro) enfrenta o Módulo (Salvador), às 15h. Já pelo handebol feminino, a partir das 16h, o Colégio Geo (Juazeiro) disputa com o Colégio São José (Salvador). Pelo masculino da mesma modalidade, as duas equipes voltam a se enfrentar, às 17h.

No sábado, às 09h, os Colégios Geo e Integral (Salvador) abrem as atividades pelo futsal masculino; às 10h, pelo voleibol masculino, a equipe do Colégio Módulo (Salvador) enfrenta o Colégio Santo Antônio (Juazeiro); a partir das 11h será a vez do handebol masculino e do feminino do São José e do Colégio Geo se enfrentarem na decisão pelas vagas.

À tarde, a partir das 13h, o futsal masculino do Integral voltar a duelar com o Colégio Geo. As equipes do basquete masculino do Salesiano Dom Bosco e do feminino do Colégio Edson Carneiro, ambos de Salvador, já estão classificadas. O mesmo acontece com o futsal feminino do Colégio Integral e com o vôlei masculino do Colégio Geo de Juazeiro.

Para chegar até aqui, as equipes das modalidades coletivas disputaram a Seletiva Municipal em diversas cidades baianas – das redes pública e privada. Em Salvador, por exemplo, mais de 200 alunos/atletas na faixa etária de 12 a 14 anos, de 15 escolas da capital, disputaram as vagas estaduais nas modalidades de futsal, handebol, basquete e vôlei.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Bahia seleciona alunos/atletas que vão representar o estado nos Jogos Escolares da Juventude

Com disputas acirradas em três locais, a Bahia selecionou hoje (23), os alunos/atletas que vão representar o estado nas modalidades individuais e em dupla dos Jogos Escolares da Juventude. As competições foram realizadas no Sesi Simões Filho, na Piscina Olímpica da Bahia (na Avenida Bonocô), no Colégio Salesiano Dom Bosco, com participação de cerca de 550 alunos da capital e de diversos municípios do interior.

As seletivas são organizadas pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). No Sesi, parceiro da Sudesb na realização do evento, foram realizadas disputas de atletismo, judô, xadrez, tênis de mesa, vôlei de praia e luta olímpica. A Piscina Olímpica da Bahia foi palco das competições de natação, enquanto no Salesiano houve as apresentações de ginástica rítmica.

O objetivo da etapa baiana é selecionar atletas das redes de ensino público e privado, com faixa etária de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, para representar a Bahia na maior competição de esporte estudantil do Brasil, que são as etapas nacionais dos Jogos Escolares da Juventude que acontecerão em João Pessoa/Paraíba, em setembro (12 a 14 anos) e novembro (15 a 17 anos). A competição nacional é organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Representando o governador Rui Costa, na abertura no Sesi, o secretário do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, destacou a importância do evento para a Bahia e o quanto o esporte é fundamental para a promoção de uma sociedade com paz e justiça social. ¨O esporte é importante tanto para a saúde física, quanto para a saúde mental, além de ser um fator de inclusão social. Nós temos uma preocupação muito grande em estimulá-lo. Ele está sendo tratado como uma política de estado”, disse, lembrando que a Bahia está preparada para receber tanto as delegações que estarão em treinamento, quanto as partidas de futebol, durante os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Das disputas, as que tiveram o maior público foram as de judô e luta olímpica. Entre atletas, técnicos, pais e amigos, além da ansiedade, havia a torcida e a expectativa pela vaga. O mesmo aconteceu na competição de atletismo. Na piscina, 59 nadadores buscaram os índices classificatórios. Já na ginástica, 28 meninas também estavam em busca de bons resultados. De todos os municípios participantes, Juazeiro foi quem trouxe a maior delegação, com mais de 140 alunos/atletas.

Um dos participantes, o aluno/atleta de Jaguarari, Alessandro de Souza, de 15 anos, está tentando ir novamente para a nacional. Ano passado, ele foi para Fortaleza competindo na prova dos 1000m e trouxe para a casa a medalha de bronze. Este ano, ele quer correr os 3000m. “Eu jogava bola até os 12 anos, até que fui convidado pelo atual técnico para treinar no atletismo. Sei das dificuldades de sair de 12 a 14 para a faixa de 15 a 17, mas tenho treinado bastante e quero estar entre os primeiros na prova de 3000m”, explicou Souza.

Números e apoio - Com 210 e 132 atletas inscritos, sendo a maioria do interior do estado, as modalidades de judô e atletismo foram, respectivamente, as maiores delegações desta seletiva estadual. Natação foi o terceiro maior grupo, com 59 inscritos, seguida de luta olímpica, com 45, tênis de mesa, com 36 atletas, e xadrez com 31 atletas.

Para o chefe de gabinete da Sudesb, Gustavo Miranda, é um orgulho ver o empenho dos alunos/atletas na competição. Ele lembrou que, além de promover o evento, a Sudesb assegura todos os exames (avaliação médica) dos estudantes de Salvador, tanto os da rede estadual quanto os da rede municipal de ensino. Além disso, para os atletas do interior foram garantidas hospedagem e alimentação no período dos jogos em Salvador e nas viagens da fase nacional.

“A Sudesb também garante passagens aéreas e uniformes a todos os jovens que participam da competição representando a Bahia. Nós temos em torno de 550 atletas nas seletivas das modalidades individuais e mais ou menos 880 alunos que vão participar das modalidades coletivas, ou seja, um total de 1400 jovens atletas com idade entre 12 e 17 anos que participam da disputa pelas vagas da etapa nacional”, explicou Miranda.

Embaixadores – dois grandes nomes para o esporte baiano estiveram nas competições para incentivar aos participantes. Verônica Almeida, medalha de bronze nas paralimpíadas de Pequim, em 2008, e já confirmada oficialmente para os Jogos Paralímpicos Rio 2016, e o atleta Cauã Vinícius, medalha de ouro nos 50m livre na natação nos Jogos Escolares da Juventude 2015, com quebra de recorde.
“A vida é feita de sonhos e a gente só consegue tentando. Meu técnico sempre diz que o que leva um atleta ao pódio é treinamento e vocês têm que fazer isso. Que vocês representem a Bahia como ela deve ser representada e que quando estiverem lá ouçam dizer: esse atleta é nordestino, é da Bahia”, desejou a nadadora, que este ano colocou seu nome no Guinness Book (livro dos recordes), como a mulher mais rápida a nadar 10 km com apenas um braço, no estilo borboleta.

Já Cauã fez questão de lembrar a participação dele nos Jogos e o quanto foi importante para a vida dele. “Eu participei de 2012 a 2015 e infelizmente encerrei minha participação. Foi um período de muito aprendizado. Com felicidade, terminei com uma medalha de ouro na prova dos 50m. Boa sorte e que vocês representem a Bahia da melhor forma possível”, falou.
Resultados – os resultados serão divulgados pelas federações esportivas responsáveis por cada modalidade na próxima semana.

Ascom Sudesb

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Estudantes baianos disputam vagas para etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude


Seletiva estadual será neste sábado, 23, com modalidades individuais disputadas por estudantes de 12 a 17 anos

Com cerca de 550 alunos/atletas de 12 a 17 anos, representando mais de 30 municípios baianos, a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia – Sudesb realiza, neste sábado, dia 23, a etapa estadual dos Jogos escolares da Juventude. A abertura oficial será às 13h, no Sesi de Simões, local que concentra maior número de provas, mas com disputas também acontecendo na Piscina Olímpica da Bahia (Bonocô) e no  Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela).


Vitrine para revelação de novos talentos esportivos, a etapa estadual dos Jogos Escolares da Juventude deste ano ganha um clima especial por acontecer poucos dias antes da abertura oficial dos Jogos Rio 2016, marcada para 5 de agosto.  É neste clima de olimpíada que alunos atletas da capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS), e também de municípios baianos como Barreiras, Juazeiro, Canavieiras, Paulo Afonso, Feira de Santana, Jequié, Vitória da Conquista, dentre muitos outros, disputam, no Sesi de Simões Filho, as provas de atletismo, judô, xadrez, tênis de mesa, vôlei de praia e luta olímpica. A competição de natação será realizada na Piscina Olímpica da Bahia (Bonocô) e as de ginástica rítmica no Colégio Salesiano Dom Bosco, na Paralela. Em todos os três locais, as provas acontecerão entre 13h e 17h.

Com 210 e 132 atletas inscritos, sendo a maioria do interior do estado, as modalidades de judô e atletismo são, respectivamente, as maiores delegações desta seletiva estadual. Luta olímpica é o terceiro maior grupo, com 45 inscritos, seguida da natação, com 38, tênis de mesa, com 36 atletas, e xadrez com 31 atletas.

O objetivo da etapa baiana é selecionar atletas das redes de ensino público e privado, com faixa etária de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, para representar a Bahia na maior competição de esporte estudantil do Brasil, que são as etapas nacionais dos Jogos Escolares da Juventude a serem realizadas em João Pessoa/Paraíba, em setembro (12 a 14 anos) e novembro (15 a 17 anos). A competição nacional é organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Embaixadores do Esporte – Verônica Almeida, medalha de bronze nas paralimpíadas de Pequim, em 2008, e já confirmada oficialmente para os Jogos Paralímpicos Rio 2016,  e o atleta baiano Cauã Vinícius, medalha de ouro nos 50 m livres na natação nos Jogos Escolares da Juventude 2015, com quebra de recorde, serão embaixadores do evento. Eles terão a missão de contribuir para a formação dos estudantes dentro e fora das quadras, tatames e piscina, levando como mensagem seus próprios exemplos de luta e superação por meio do esporte.

A seletiva escolar é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Sudesb, autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e com apoio da Secretaria de Educação. Os atletas baianos classificados para a etapa nacional viajarão até João Pessoa com as passagens e uniformes cedidos pela Sudesb.

Ascom Sudesb
Marcus Carneiro – DRT 3614
20.07.2016